Início Dicas 22 filmes para assistir a dois – Parte 1
22 filmes para assistir a dois – Parte 1

22 filmes para assistir a dois – Parte 1

Assistir a um bom filme com pipoca, brigadeiro e o amor da sua vida ao lado é uma ótima forma de descansar, não? Pensando nisso, perguntamos aqui na redação os filmes mais legais para assistir com quem você ama.

Separamos em dois posts com 22 opções cada para você achar qual combina mais com vocês e para assistir em meio a muito amor e carinho ;)

1. De repente é amor – 2005

De repente é amor 2

O filme é voltado para o relacionamento de Oliver (Ashton Kutcher) e Emily (Amanda Peet). Eles se encontraram em um voo de Los Angeles para Nova York quando perceberam que não combinavam. Nos setes anos seguintes ao encontro, eles se reveem e se tornam grandes amigos. Ambos sofrem com relacionamentos que falharam e, finalmente, num novo reencontro, eles se dão conta que podem ser o par que o outro procurava.

2. A Casa do Lago – 2006

a casa do lago

Kate Forster (Sandra Bullock) é uma médica solitária, que morava em uma casa à beira de um lago. Hoje esta casa é ocupada por Alex Wyler (Keanu Reeves), um arquiteto frustrado. Kate passa a trocar cartas com Alex, com quem mantém um relacionamento à distância por 2 anos. É quando, ao se descobrirem apaixonados um pelo outro, eles buscam um meio de se encontrar.

3. Doce Novembro – 2001

doce novembro

Nelson Moss (Keanu Reeves) é um executivo que só pensa em trabalho e parece ter se esquecido o que é amar alguém. Quando conhece Sara Deever (Charlize Theron), um sentimento de romantismo volta à sua vida. Ela termina convencendo-o a passarem um mês juntos e depois se separarem, pois considera este um tempo suficiente para que possam resolver seus problemas emocionais. Porém, Nelson se apaixona cada vez mais por Sara e busca descobrir qual é o motivo pelo medo de compromisso que ela possui.

4. Como se fosse a primeira vez – 2004

como se fosse a primeira vez

Se conquistar alguém já é difícil, imagine ter que fazer isso todos os dias, como se tudo o que acontecera anteriormente jamais tivesse existido. Esta é a sina do apaixonado Henry (Adam Sandler) que está apaixonado por Lucy (Drew Barrymore), uma jovem que sofre de perda de memória recente e, por causa disto, sempre que acorda esquece completamente o que aconteceu no dia anterior.

5. Diário de uma paixão – 2004

diario de uma paixao 2

Esta história começa nos dias reais, onde um homem idoso relembra à sua companheira o grande amor que viveram. Entre romances, amores sabotados pelos pais e reencontros com namorados de juventude, é bom ver este filme com um lencinho à mão.

6. Um Amor para Recordar – 2002

um amor para recordar

O autor Nicholas Sparks é um especialista quando o assunto é romance (ao menos na literatura). Vários de seus livros já foram adaptados para o cinema. Um Amor para Recordar traz uma história de amor com data marcada para chegar ao fim. O casal protagonista é formado por Shane West e a também cantora Mandy Moore.

7. P.S. Eu te amo – 2007

ps eu te amo

A morte de um ente querido já é algo duro, mas começar a receber cartas do falecido é garantia de muito choro! Em P.S. Eu Te Amo, Gerry (Gerard Butler) já sabia que estava com os dias contados, por isso deixou indicações por escrito à sua amada Holly (Hilary Swank), para ajudá-la a reconstruir sua vida sem ele. O tema era difícil de retratar, mas o filme é cheio de otimismo e romance.

8. O Fabuloso destino de Amélie Poulain – 2001

amelie poulain

Amélie (Audrey Tautou) se muda para o bairro parisiense Montmartre e começa a trabalhar como garçonete. Ela encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou). Ao ver que ele chora de alegria ao ver o objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. A partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor.

9. O Lado Bom da Vida – 2012

o lado bom da vida

Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

10. Amizade colorida – 2011

amizade colorida

Jamie (Mila Kunis) é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial (Justin Timberlake) a deixar sua vida profissional em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na cidade. Ele aceita a proposta e logo os dois se tornam bons amigos. Um dia, após assistir um filme na casa dela, surge o papo do quanto a carência sexual incomoda ambos. Eles fazem um pacto de que terão apenas sexo, sem qualquer envolvimento emocional.

11. Uma linda mulher – 1990

uma linda mulher

Richard Gere e Julia Roberts formaram um dos casais mais famosos do cinema graças ao sucesso de Uma Linda Mulher. O curioso é que o carisma da atriz é tão grande que muita gente acaba se esquecendo que ela é uma prostituta nesta versão moderna da clássica história de Cinderela.

12. Casamento do meu melhor amigo – 1997

o casamento do meu melhor amigo

O filme é baseado em uma mulher (Julia Roberts) querendo atrapalhar um casamento para “roubar” o noivo. Mas não se engane, isso não significa que o filme não seja romântico ou ideal para ser visto com o seu amor. Não só mostra que o amor vence barreiras, como valoriza a amizade entre um homem e uma mulher.

13. Como perder um homem em 10 dias – 2003

como perder um homem em 10 dias

Ben Barry (Matthew McConaughey) é um publicitário que faz uma grande aposta com seu chefe: caso faça com que uma mulher se apaixone por ele em 10 dias ele será o responsável por uma concorrida campanha de diamantes que pertence à empresa. A vítima escolhida por Ben é Andie Anderson (Kate Hudson), uma jornalista feminista que está desenvolvendo uma matéria sobre como perder um homem em 10 dias e está decidida a infernizar a vida de qualquer homem que se aproximar dela. Ambos se conhecem em um bar e escolhem um ao outro como alvo de seus planos.

14. Doce Lar – 2002

doce lar

Decidida a fugir de seu marido Jake (Josh Lucas), Melanie (Reese Whiterspoon) deixa o Alabama e passa a viver secretamente em Nova York. Lá ela conhece Andrew (Patrick Dempsey) e eles começam a namorar. Tudo corre bem na vida de Melanie, até que Andrew decide pedi-la em casamento. Ela aceita o pedido, mas precisa retornar ao Alabama o mais rápido possível para conseguir o divórcio com seu atual marido. Mas ao voltar Melanie precisará mais uma vez confrontar seu passado, do qual buscava tanto fugir.

15. Um Lugar chamado Notting Hill – 1999

notting hill

Hugh Grant  interpreta o dono de uma pequena livraria, visitada por uma estrela do cinema (Julia Roberts), e os dois acabam vivendo um delicioso romance. Repleto de momentos inspirados e inspiradores, não é tarefa das mais difíceis se apaixonar por esse longa.

16. Letra e Música – 2007

letra e musica

Na história, Hugh Grant interpreta um impagável astro da música pop dos anos 80, típico daqueles de um sucesso só e que vive do passado. Só que o destino “plantou” uma jovem (Drew Barrymore) no seu caminho “musical” e os dois vivem uma experiência sonoramente romântica.

17. (500) dias com ela – 2009

500 dias

Como não se apaixonar por Zooey Deschanel e seus lindos olhos azuis? Esta é uma pergunta para o leitor, mas também pode ser vista como uma sinopse para o filme. Joseph Gordon-Levitt é Tom Hansen, um jovem que se encanta pela colega de trabalho Summer Finn (Deschanel). Aqueles que não gostam das comédias românticas tradicionais tem tudo para aproveitar este filme, afinal foge dos clichês do gênero e investe num relacionamento nada convencional.

18. Wall-e – 2008

wall-e

Pode dois robôs sentirem algo tão nobre e tocante quanto o amor? A Pixar mostrou que sim. Inspirado no cinema mudo, a animação Wall-E emociona ao trazer o sentimento puro do pequeno robô pela moderna Eva, que um belo dia chega a um planeta Terra devastado em busca de algum vestígio de vida.

19. Moulin Rouge – 2001

moulin rouge

Em meio a muitas canções famosas, a paixão do jovem escritor Christian (Ewan McGregor) por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris, move a história de Moulin Rouge – Amor em Vermelho. Tudo em meio a um clima festivo, típico da boemia, que traz um charme extra e por vezes exagerado a esta grande história de amor.

20. O Amor é cego – 2001

o amor é cego

O filme é protagonizado por Jack Black e Gwyneth Paltrow e conta a visão do verdadeiro sentimento, focando em que o que vale é a beleza interior. Jack Black vive um homem que odeia mulheres acima do peso e só foca na aparência. Ele então é hipnotizado para enxergar o interior das mulheres e acaba se apaixonando pela personagem de Paltrow, uma mulher acima do peso.

21. Orgulho e Preconceito – 2005

orgulho e preconceito

Há quem torça o nariz para os livros de Jane Austen, mas fato é que poucos autores conseguiram retratar tão bem a situação das mulheres na Inglaterra do século XVIII. É o que acontece em Orgulho e Preconceito, onde a jovem Elizabeth (Keira Knightley) deseja mais da vida do que simplesmente agarrar um marido – o que não significa que ela não possa se apaixonar.

22. E se fosse verdade – 2005

e se fosse verdade

A história acompanha a vida de David (Mark Ruffalo), que acabou de se mudar para um belo apartamento em San Francisco. O problema é que uma misteriosa mulher (Reese Witherspoon) volta e meia surge, dizendo ser a verdadeira moradora do lugar. Palco perfeito para uma gradual aproximação entre eles, mesclada com a revelação de quem ela realmente é.

22 filmes para assistir a dois – Parte 1
Avalie esse Post

Beatriz Cintra Beatriz é estagiária de jornalismo do Casar.com e do Evento CASAR. Encontrou no universo do casamento uma forma de transmitir amor. Canceriana, prefere ser chamada de Bia e já se imagina casando ao ar livre.

CASAR Salvador 2018