Início Destaque Noivas reais contam quantos vestidos provaram até encontrar o modelo para o casamento
Noivas reais contam quantos vestidos provaram até encontrar o modelo para o casamento

Noivas reais contam quantos vestidos provaram até encontrar o modelo para o casamento

Conversamos com noivas que são leitoras do Casar.com para descobrir quantos vestidos elas provaram até dizer “sim” para o modelo dos sonhos. Confira como foi essa maratona e como elas souberam qual era a peça perfeita.

50 vestidos

“O vestido que eu amei era muito acima do meu orçamento, por isso fiquei provando muitos outros – 50 no total. Quando fui à loja para uma segunda visita, estava disposta a desistir do modelo que queria, mas o gerente me deu um bom desconto e realizou meu sonho do vestido perfeito. Agora é aguardar o casório!”, por C.L.

20 vestidos

“Escolhi o modelo ideal faltando duas semanas para o casamento. Fiquei esperando me apaixonar por um, mas demorou um pouco. Quando coloquei o vigésimo vestido, me apaixonei de verdade. Acho que a noiva tem que ter aquele sentimento de ‘é esse’. Vale a pena, por mais que demore”, por J.O.

10 vestidos

“Provei uns 10 vestidos, todos na mesma loja. Achei o modelo que eu queria, fechei contrato, mas estou insegura. Apesar de ter amado o meu, não ficarei satisfeita se não entrar em outras duas ou três lojas e experimentar mais uns 10”, por C.M.

Apenas um vestido

“Emagreci 60 quilos após uma cirurgia bariátrica e, quando fiquei noiva,  comecei a pensar nas possibilidades de vestidos, já que agora estava feliz com meu corpo e entraria no que eu quisesse.  Arrumando o guarda-roupa da minha mãe,  encontrei o vestido de noiva que ela usou no casamento religioso dela, há 43 anos. Brincando, eu falei: ‘deixa eu ver se me serve?’. Ela riu e disse que achava que ia ficar um pouco justo. Coloquei o vestido e ele não fechou,  mas pensei que se fizesse uma adaptação ele ficaria lindo. Não quis saber de outra peça. Fui procurar na internet alguém que customizasse vestidos de festa e encontrei um lugar de confiança. Como o modelo era com mangas, ia ficar bem justo no colo. Então, pedi autorização para minha mãe para transformá-lo em tomara que caia.  Na mesma hora, ela disse que o modelo original do vestido era tomara que caia,  mas como na época não poderia ser usado na igreja, ele foi modificado. O vestido será usado dia na cerimônia”, por V.C.

“Eu tinha no celular uma pastinha com alguns modelos que eu gostaria que fossem o meu vestido. Mas não tinha certeza, pois as coisas no corpo mudam. Só que quando coloquei, ele serviu perfeitamente e tinha tudo que sempre sonhei. Fiquei com muito medo de confirmar o aluguel. Mas pensei bastante, passei 40 minutos vestida tendo certeza que era ele, mas com medo de confirmar sem procurar mais outras opções. Aí peguei minha pastinha de vestidos no celular novamente e o modelo era igual ao da inspiração que eu sonhava há anos. Para que procurar mais? E pra fechar com chave de ouro, o preço era ótimo! Vou me casar daqui quatro meses, mas olho para as fotos dele todos os dias e não me arrependo”, por C.B.S.

“Gosto de um estilo muito especifico de vestido, e olhava para um modelo dia e noite. Comprei pela internet, em um site dos Estados Unidos, e quando chegou ficou perfeito! Já tinha ido a algumas lojas do Brasil ver vestidos para minhas amigas, mas não me identificava com quase nada e não podia pagar os que podiam me agradar. Mas o meu coube perfeito no meu bolso e gosto”, por V.M.

 

Noivas reais contam quantos vestidos provaram até encontrar o modelo para o casamento
Avalie esse Post

CASAR Salvador 2018